domingo, 31 de janeiro de 2016

Sumi mas voltei

Oi gente!



O projeto deste blog não foi cancelado.
O ano letivo se inicia e as ideias fervem! Estive ausente por longo período por motivo básico da correria dos tempos atuais em que um dia precisaria no mínimo ter 48 horas.
Além de professora da rede pública e Educação Infantil sou maquiadora, ministro cursos e palestras, faço a especialização mais maravilhosa que poderia existir pela equipe FATUM. Recomendo muito esta Pós porque é de Literatura Infantil e Contação de Histórias. Porém... Não é apenas mais um agrupamento de oficininhas de "como contar histórias". Não. É CONHECIMENTO. É pesquisa histórica, professores qualificadíssimos, cada aula uma surpresa surreal de boa. Fontes inesgotáveis de livros infantis, juvenis e adulto. Não conseguiria comentar sobre em apenas um post. Apaixonados por contar histórias, pela literatura infantil e clássicos dos contos de fadas me entenderão.

Bem! Este espaço continuará sendo útil para compartilhar vivências, atividades pertinentes aos pequenos e fofinhos alunos de 0 a 5 anos... Mais um ano se inicia, apertem o cinto que lá vamos nós!

Projetos, oi?

As cabeças docentes fervem em projetos. Entusiastas, novatos, ansiosos, veteranos, calouros, "morcegos", acomodados, serenos, adrenalínicos... Tem de tudo. 
Mas... A fase de apavoramento e muita sede ao pote já não me pega mais. Não me enquadro na categoria "zona de conforto e morcegos", jamais. Só não quero idealizar 1000 e executar 1. 
Um amigo querido e ex diretor disse uma frase que me marcou "aqui fazemos um simples bem feito".
Acredito que mais vale um plano bem executado do que um turbilhão de ideias contemplativas, surrealistas que transitam no mundo virtual em fotos e na prática, nunca se vê. Você escuta muito "ah, porque você não faz assim ,assado, igual aquela lá, aquele ali..."

Fácil falar. Difícil realizar. Por isso quero serenidade e foco.
E vida coletiva na docência, sempre gente. Precisamos uns dos outros. 
Não faz sentido pregar um ideal coletivo, de interação e transformação social se nem o grupo docente é unido. As crianças são mais espertas do que imaginamos. Percebem fácil... Egocentrismo não se encerra aos cinco anos, infelizmente...

Por isso vou postando aqui materiais úteis e encantadores!
Há tanto a compartilhar! Ainda existem docentes que não conseguem perceber a diferença da Xuxa com o Palavra Cantada. 
Não estou nem criticando a Xuxa, cresci com ela e não morri. Mas precisamos ter mais sensibilidade no olhar, pesquisar para entender as diferenças gritantes. Quer uma?

Palavra Cantada nasceu da parceria ainda muito jovem de Paulo Tatit e Sandra Peres desde os campos da faculdade onde, músicos, um convidou o outro para gravar um CD de canções de ninar.
Em entrevista relataram e declararam que fizeram questão de não ter intervenção pedagógica em seu projeto. 

Ou seja, Música, Artes Visuais e Literatura são campos riquíssimos de conhecimento dos quais, nós professores, somos cobrados para trabalhar, no entanto pouco conhecemos ou transitamos nessas áreas. Caímos nos mesmos chavões de "tudo pronto para aplicar um mínimo" todos os anos.

A maioria dos colegas de profissão apresentam medo, dúvidas, insegurança para. por exemplo, trabalhar Música.

Totalmente compreensível. Afinal é um campo que pede muito estudo. Não temos habilitação para isso. O que aprendemos no curso de Pedagogia é quase nada. É cantarolar cantigas folclóricas secamente. É "musicalização" crua. 

A boa notícia é que dá pra ser feliz com cantigas e dá para trabalhar um pouco de Música sem ter esta formação específica, desde que, recebamos apoio de um profissional da área. 
Eu corro atrás. Graças a Deus tenho amigas da área, penduro nelas. E sempre recebo ajuda.
Oficinas que elas ofertam para nosso público de pedagogos são fantásticas, recomendo demais! 
E enquanto não toco nem violão, vou me divertindo com os alunos utilizando o material rico em CD e DVD que elas compartilham, tais como:

Palavra Cantada: Há muito mais do que Sopa do neném, existem jogos musicais e brincadeiras fantásticas para utilizarmos com as crianças.
A Palavra Cantada é um grupo grande. Dispensa elogios e apresentações. Difícil passar batido por eles. Letras próprias, adaptações, resgate folclórico, tem de tudo e muito mais. Amo a didática deles para incentivar o interesse pelos instrumentos musicais. 


Grupo Curupaco: Canções folclóricas em CD com arranjos lindos e fáceis de aprendermos para cantar com as crianças.
Curupaco é tão profissa quanto Palavra Cantada. Canções e arranjos lindos para cantar com a criançada. Sabe aquela cantiga que você não sabia? Para variar do trivial? Não percam!


Parangolé da cia Emcantar: Eu sou tão apaixonada por eles que divido meu amor pelo Palava Cantada. Já assistiu Território do Brincar? A cia Emcantar faz um trabalho semelhante, de pesquisa e viaja para o Brasil todo, desenvolvendo projetos com as crianças. Não fica presa só nos artistas. Isso é surreal de bom!
DVD e CD. Sabe a boneca de lata? Corre Cutia? Jamais serão os mesmo depois de você conhecer este trabalho riquíssimo. Deveria ser obrigatório nas escolas. Amo de paixão. Parangolé da cia Emcantar. Não esqueça do "m" no lugar do "n". 


Lenga la Lenga: Tem site para fuçar. Material rico para brincar. Leia o site de cabo a rabo e explore esses artistas maravilhosos. As crianças amam essas brincadeiras cantadas. Site: 
http://www.lengalalenga.com.br/
Um CD para tocar e ouvir e brincar, outro para PC, interagir com a Música. No site também encontramos brincadeiras. Fico arrepiada com o conhecimento deste grupo, arranjos e instrumentos. É brinquedo cantado!!! 



Barbatuques: "Afinal o que é que é? É uma banda que toca da cabeça aos pés!" Sons do corpo gente... Há coisa mais maravilhosa e contagiante? ME espanta ouvir professores que não conhecem ainda. Antes tarde do que mais tarde. Corre ver. Tem no You Tube para conhecer. CD Tum Pá é tudo de bom. Mas dica: aprenda a letra! Cante com as crianças sem CD. Depois com CD.
Barbatuques encanta adultos e crianças. Há um vasto trabalho e muitos CDs e DVDs para investirmos. Participaram do filme Rio. Este CD tem DVD também, comprados separadamente. O CD acompanha dado, tabuleiro para jogos musicais. Fantástico!


Cia Tempo de Brincar: A forma mais linda de memórias da nossa cultura popular brasileira. Músicos encantadores, artista plástica, atores... Família abençoada que não falta nada, puro talento! DVDs e CDs. Você aprende a cantar e contar para as crianças.
Eliane Buzato e Valter Silva. Marido e mulher que contam e cantam pelo Brasil. Ela que produz todo o cenário, bonecos, toca, canta e encanta. A filha do casal também os acompanha. Há dois DVDs lançados e CDs maravilhosos. Folclore para o ano todo.


Tiquequê: sobrinhas de Paulo Tatit e músicos maravilhosos. Brincam com palavras, artes cênicas, música... Geração que promete. As crianças se apaixonam fácil!
Uma história cantada que virou clipe que virou livro. Grupo Tiquequê.


Há muito mais para compartilhar, vamos com calma...

Bom 2016 para todos nós!

by: Professora Suzue

Imagens: Reprodução



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Dê seu pitaco, publique sua dúvida e sugestões!