quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Dica de material plástico: Color set, muito prazer!



 
[imagem: Reprodução P.S Blog, para saber mais clique AQUI]
Existem algumas siglas e “códigos metafóricos” no mundo docente que são divertidos de usar, cai na boca da professorada...
Se eu falar “E.V.A”, “T.N.T”, “CRAFT”, você colega docente especialmente da Educação Infantil e Fundamental I vai captar na lata. Mas experimenta falar para seu amigo não docente... Até alguns maridos ainda não sabem! Hahahá!

Esse lero lero é para chegar no “COLOR SET”. Uma maravilha das maravilhas que os americanos usam muito muito muito nas escolas.  Japão também! Não me perguntem quem inventou, mas quem usa.
Aqui no Brasil marca de produto vira “o produto”. Tipo Cotonete, Gilete, Xerox... E por aí vai, não é mesmo?
Por isso quando falamos “color set, color plus”, essas coisas americanizadas, os professores ficam “whatahell”?
Se eu falar “Filipinho”, talvez me entendam, vero?
É a mesma coisa. Filipinho é a marca, mas color set é um kit de folhas coloridas em tamanho A4 com espessura um pouco mais grossinha que sulfite. Perfeita para colagens, dobraduras, recortes... Um infinito de criatividade!
Esta tag do blog será "Dica de material plástico" no sentido artístico ok? De Artes Plásticas mesmo. Não plástico tipo caixa organizadora de plástico. Ahá!
Nesta outra imagem, dos "Creative papers" temos opções de cores mais "natureza" e textura de papel reciclado. Acho super fofo também.
Na imagem a seguir segue um exemplo vendido por cores. Mas não achei vantagem por ser muito caro cada folha. É material para outros fins.
 
[Site: http://www.jocundist.com/2012/02/little-paper-idols.html]

O gostoso deste material é que facilita a vida do professor que em determinada atividade quer distribuir detalhes picotados com furadores de scrap book para as crianças, por exemplo... Deixar aquele desenho livre com moldura, deixar os alunos picotarem a vontade...  É utilidade criativa sem fim. Eu uso até para colocar números na sala de aula. Trabalho de maneira simbólica e concreta. Para cada número os alunos colam (na mesma folha) a quantidade pedida. Valem tampinhas, palitos de sorvete... O importante é não deixar os números de “enfeite”, sem a representação por objetos práticos de se realizar a contagem.
Não sou especialista em color set ok? É apenas um compartilhar de ideias, sugestões de materiais e experiência que deu e tem dado certo.
É uma pena que este tipo de material ainda não seja tão comum em escolas públicas. Sinto falta. Acabo desembolsando.
O mesmo gasto com papel crepom e o maldito E.V.A poderia ser melhor direcionado. 
Fica a dica. 
A Luana fundadora do blog Limo Bag aborda assuntos interessantíssimos com olhar crítico ( e boca também, ahahaha)  e o senhor e.v.a apareceu por lá, vale a pena conferir! Clica AQUI.
Beijo. Até a próxima!

Renata Suzue

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Dê seu pitaco, publique sua dúvida e sugestões!